sexta-feira, 7 de julho de 2017

FUNDAMENTOS DA NEUROLOGIA

"Você só saberá realmente o que é o amor, 
quando lhe perguntarem sobre ele e você não pensar 
em uma definição, mas em um nome." Bob Marley


Fundamentos da neurologia
A neurologia estuda as disfunções do sistema nervoso central, do periférico e das meninges. O cérebro é dividido em hemisférios pela fissura longitudinal que possui como base o corpo caloso. O controle dos hemisférios é do hemicorpo contralateral no que tange ao trato cortiço espinhal. A fissura de Rolando (sulco central) separa a área cortical motora (anterior à mesma).
Existe dominância cerebral e variabilidade funcional, o hemisfério esquerdo é responsável pela linguagem e o direito tende a representar as habilidades não verbais. A superfície cortical cinzenta apresenta espessura de 1 a 4 mm.
O sistema nervoso se subdivide em central (medula e encéfalo) e periférico (somático e autônomo simpático e parassimpático). O encéfalo é formado por cérebro, cerebelo e tronco cerebral. A medula espinhal é uma haste de tecido cerebral.
O neurônio é constituído por: corpo celular, axônio e dendrito. A sinapse é o espaço entre o dendrito e o axônio. Os sinais são transportados por neurotransmissores. Os impulsos nervosos são reações físico-químicas.
O sistema nervoso periférico é composto por nervos espinhais e cranianos. Os nervos cranianos possuem funções sensoriais, motoras e mistas. Os nervos raquidianos são 31 pares de nervos mistos e relacionam-se com os músculos esqueléticos. São distribuídos da seguinte forma: 8 pares cervicais, 12 pares dorsais, 5 pares lombares, 6 pares sacrais. A raiz ventral dos nervos raquidianos é motora e a dorsal sensitiva. O corpo dos neurônios no nervo misto fica no gânglio espinhal.
O sistema nervoso autônomo controla a vida vegetativa por intermédio de dois sistemas antagônicos: simpático e parassimpático. O simpático corresponde as funções do organismo mediante stress. O sistema nervoso parassimpático é formado pelos seguintes núcleos de nervos cranianos: Edinger Westphal (III), Salivatório superior (VII) e inferior (IX), motor dorsal do vago e ambíguo (X).
O sentido do tato conta com receptores específicos: Meissner (pressão), Merkel (movimentações e pressões leves), Vater-Pacini (pressão), Ruffini (distensões na pele e calor).
A memória é a capacidade de reter, recuperar, armazenar e invocar as informações disponíveis seja internamente (memoria humana) ou externamente (memoria artificial). A memoria se distingue em declarativa e não declarativa. Pode ser ainda: episódica e semântica. A memoria declarativa é aquela capaz de verbalizar um fato, se subdivide em de curto (horas) e longo (novo idioma) prazo e de procedimento (andar bicicleta).

As funções mentais superiores, permitem a imagem que o individuo tem de si e do mundo. Sensação, percepção, memoria, pensamento, linguagem, emoção. A percepção é a interpretação da sensação. Existem três tipos de sensações: exteroceptiva (sentidos), proprioceptiva (equilíbrio) e interoceptiva (inconsciente - sonho).